• Baby Passinho

“Filho(a) acorda, você vai se atrasar...”


Depois de umas férias acompanhada de quarentena ou o inverso disso, algo que provavelmente foi afetado é a rotina dos nossos filhos e consequentemente a nossa.

Durante o período em casa, a hora de dormir e acordar acabam deixando de ser regra, os dias da semana e finais de semana, transformam-se simplesmente em uma só palavra: Semana.

E continuando nosso listado, as tarefas e obrigações dos nossos filhos entram em um modo pausado, igual os jogos deles que pausam apenas para comer ou o brinquedo que fica de lado por um breve período. Isso sem mencionar as inúmeras vezes que você o chamou à mesa e recebeu como resposta: 




“Espera pai e mãe, já vou, já vou...”

Imagina se considerarmos o tempo no celular, computador ou outros dispositivos eletrônicos.

Os dias passam e a “rotina” acaba sendo essa, por mais que em alguns momentos, peçamos aquela ajuda básica, somente para que tenham alguma tarefa no dia, dificilmente alguma delas seja comparada com o acordar cedo para ir à escola, estudo em dia de prova ou fazer lição de casa, afinal eles estão de férias.

E como um sopro, as férias acabam e provavelmente na volta às aulas, a grande maioria dos pais, vai até o corredor dizendo a seguinte frase:


“Filho(a) acorda, você vai se atrasar”

Desesperado você já pensa no atraso, no trânsito em consequência por ter saído tarde e precisa voltar rapidamente buscar o livro esquecido na mesa da cozinha ou uma das muitas outras coisas que acontecem “só com a gente” como temos costume de dizer.

Apesar de termos concordado na maioria das afirmações, não precisa entrar em desespero, afinal voltar a rotina é um processo repetitivo o qual gera costume, provavelmente depois da primeira semana de aulas já estará habituado novamente.

O ideal é um pouco antes da volta às aulas, estabelecer novamente os padrões do cotidiano escolar, na Internet existem diversas dicas para ajudar nessa tarefa. Separamos as que foram consideradas pela maioria como melhores:

 1. Horários: Fazer com que no decorrer da semana prévia ao início das aulas, os horários de dormir e acordar, sejam baseados nos que ele terá no colégio, inclusive criar horários definidos para alimentação.

2. Organização: É importante que ele possa participar da organização do material e uniforme, voltar a ter as responsabilidades, contribuem para acostumar-se com a rotina de tarefas e obrigações escolares.

3. Atividades: Atividades físicas e de estudo, mesmo que por um curto período do dia.

4. Positividade: Procurar motivos que despertem o interesse dele na volta, reencontro com os amigos, participar na compra do material, estimulam a ele aceitar de melhor forma o fim das férias e volta às aulas.

5. Definir metas prévias: Quanto antes definir uma rotina antecipada para que ele possa ir realizando, mais tranquilo será o processo de volta às aulas.

Retomar a rotina de estudos de nossos filhos é uma tarefa difícil, mas como sempre: você consegue.


22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo