• Baby Passinho

Xixi na cama - Como ajudar as crianças nesse processo?



Embora seja comum algumas crianças adquirirem o controle urinário por volta dos três anos de idade, é considerado normal fazer xixi na cama até os sete anos. Isso porque neste período, o sistema urinário ainda está em fase de desenvolvimento. Em alguns casos, os meninos são mais afetados por apresentarem um amadurecimento mais demorado comparado às meninas, pois possuem uma condição fisiológica diferente.

Por volta dos três anos, já é possível iniciar o processo do desfralde noturno, e para isso, é preciso adotar alguns hábitos importantes para ajudar a criança neste processo.


1. Evite oferecer líquidos para a criança antes de dormir para que a bexiga não fique cheia durante a noite;


2. Leve a criança para fazer xixi antes de ir para a cama. Esvaziar a bexiga antes de dormir é fundamental para um melhor controle da urina;


3. Faça um calendário semanal, onde uma carinha feliz será inserida nos dias que ela não fizer xixi na cama. Isso vai reforçar de maneira positiva;


4. Não coloque fralda durante a noite, especialmente quando a criança já deixou de usá-la;


5. Não culpe a criança quando ela fazer xixi na cama. É normal alguns 'acidentes' acontecerem durante o desenvolvimento infantil e o apoio dos pais é fundamental.


6. Utilize um protetor para o envolver todo o colchão e evitar a absorção da urina.




QUANDO FAZER XIXI NA CAMA NÃO É NORMAL


A enurese noturna é a perda involuntária de urina durante o sono e não é considerada normal quando acontece a partir dos 7 anos de idade, pois trata-se da fase em que o sistema urinário da criança já está desenvolvido.


Neste caso, é importante avaliar a frequência e apontar tal situação na consulta de rotina com o Pediatra para que seja investigado o caso.


As causas da enurese noturna são diversas:

Fisiológicas

  • Contrações involuntárias da bexiga;

  • Deficiência de um hormônio;

  • Hereditariedade;

  • Apneia do sono;

  • Desfralde noturno precoce (algumas crianças não possuem desenvolvimento neuropsicomotor suficiente no momento do desfralde).


Psicológicas

  • Eventos estressantes, como começar ou mudar de escola, ganhar um irmão ou irmã ou dormir fora de casa;

  • Dificuldade da criança em acordar e perceber que a bexiga está cheia;

  • Ansiedade;

  • Autoestima baixa.


O surgimento de outros sintomas acompanhados da enurese como alteração na cor da urina, emagrecimento, fome exagerada e estado emocional frágil pode indicar a presença de alguma doença. Consulte um especialista.




13 visualizações0 comentário